Clínica de Recuperação

Como ajudar uma pessoa alcoólatra a parar de beber?

Como saber se sou um dependente químico?

Saiba aqui Como ajudar uma pessoa alcoólatra a parar de beber?

Clinica de Recuperação para Dependentes Químicos e alcoólatras.

A Clínica de Recuperação Esquadrão Resgate oferece o melhor tratamento com as melhores instalações e Tratamento para Dependentes Químicos e alcoólatras em São Paulo e todo Brasil.

Entre em contato Agora Mesmo:

E-Mail: contato@clinicascarpevita.com.br
Fone: (11) 99006 – 4900

Clínica de Recuperação Esquadrão Resgate

Como ajudar uma pessoa alcoólatra a parar de beber?

Como ajudar uma pessoa alcoólatra a parar de beber

Segundo a OMS (OMS), o alcoolismo é uma patologia que é gerada quando a pessoa faz um uso descontrolado e constante de bebidas alcoólicas, o que prejudica sua história e de todos ao seu redor, como a família nuclear e os amigos.

Entende-se que lidar com o alcoolismo não é simples.

O indivíduo que sofre do vício do álcool não pode reconhecer diante de si e dos outros que ele tem o vício, uma vez que já perdeu o controle do caso.

O alcoolismo é uma dupla patologia que compromete tanto a saúde física quanto a mental.

Além disso, em seu estágio mais avançado, implica em um perigo de sequelas irreversíveis.

Como ajudar uma pessoa alcoólatra?

Para parentes e amigos que não sabem o que fazer no momento, selecionamos algumas dicas:

Busque conhecimento

Procure o raciocínio da patologia para entender as causas que levam o sujeito à dependência do álcool, assim como quais são os males e os tipos de procedimento. desta forma, você terá uma base para iniciar um diálogo construtivo com o indivíduo que tem o problema.

investir no diálogo

Converse com o indivíduo sobre o caso, encorajando-o a dialogar sobre como ele se sente, para que se sinta bem-vindo e possa aproveitar sua ajuda. Explicar como o álcool está prejudicando sua história e as causas pelas quais eles precisam buscar ajuda e procedimentos, bem como seus benefícios.

investir em Ocupações

Motivar o indivíduo a buscar ocupações para sua paz, tais como exercícios físicos, esportes, dança, aulas de artefatos musicais e entre outras alternativas que não envolvam álcool.

Evite o estímulo ao álcool

Manter todas as bebidas alcoólicas fora de casa e de todos os eventos e reuniões sociais para ajudar o indivíduo no processo de recuperação.

Procure ajuda profissional

Incentivar o indivíduo a buscar ajuda de especialistas especializados para iniciar o procedimento apropriado, de acordo com o caso. Se a internação em é elementar, explique sua relevância, pois é apenas temporária e visa a saúde e a paz do indivíduo.

Valorize seu esforço

Veja o esforço e cada progresso durante todo o tratamento. É uma forma de beneficiar o indivíduo, com muita empatia e amor, para que ele ou ela não desista e vá cada vez mais fundo na luta contra a dependência do álcool.

Artigo Recomendado: Como saber que uma pessoa é alcoólatra

 

Entre em contato Agora Mesmo: Formulário de Contato

E-Mail: contato@clinicascarpevita.com.br
Fone: (11) 99006 – 4900

Clínica de Recuperação Esquadrão Resgate

 

As pessoas também perguntam:

  • Como ajudar uma pessoa a parar de beber?
  • Como buscar ajuda para alcoólatra?
  • Qual o melhor remédio para parar de beber?
  • O que fazer com um marido alcoólatra?
  • Quando é que uma pessoa é considerada alcoólatra?
  • Como parar de beber naturalmente?
  • Como saber se sou alcoólatra teste?
  • Como saber se meu marido é alcoólatra?
  • O que leva uma pessoa a beber exageradamente?
  • Quais são as características de um alcoólatra?
  • Quem bebe uma cerveja todo os dias pode ser considerado alcoólatra?

Recomendo que veja: Obtendo ajuda para dependência de álcool e produtos químicos

Como ajudar uma pessoa a parar de beber?

Como buscar ajuda para alcoólatra?

Como conseguir convencer a pessoa que é alcoólatra a procurar um tratamento? É possível fazer a intervenção mesmo contra a vontade da pessoa, ou seja, internação forçada?

Somente em situações extremas é feita a internação involuntária, pois uma vez que o alcoólico representa um perigo para os outros. O núcleo familiar, de todos os métodos, terá que participar do procedimento e da recuperação, dando apoio e informando-se por parte dos especialistas a respeito de como julgar o paciente, pois o bom senso muitas vezes prega uma sequência de falsos conceitos e punições para aqueles que sofrem deste vício. Aspirar constantemente a apoiá-lo e dialogar, procurar um ótimo psiquiatra, conjuntos de apoio, psicólogos.

Como mencionado acima, é bastante difícil “convencer” uma pessoa dependente a trabalhar contra a dependência. E, mesmo uma vez convencido, não basta saber que se é dependente, ou mesmo saber conscientemente que se quer deixar de ser dependente.

Nesses casos, aqueles em torno do indivíduo dependente sofrem com as repercussões de tal situação, mas há também uma espécie de satisfação, embora bastante despercebida, por causa da dinâmica familiar.

Portanto, aconselho que aqueles que continuam a sofrer com o caso busquem ajuda profissional e depois, talvez, a ênfase em “tentar convencer” mudará para outra questão.

O internamento involuntário é indicado em situações de perigo, sendo uma medida extrema, na qual é impossível prever os efeitos uma vez terminado.

O procedimento para usuários de substâncias psicoativas prevê a colaboração e responsabilidade do indivíduo no procedimento, visando que ao longo do processo seja gerado um reposicionamento em direção ao consumo e uma escolha viável em relação à abstinência.

Com relação a “convencer” o indivíduo em questão, considero que é viável contribuir para o processo.

Entretanto, você deve ter a vontade individual de continuar.

Abordar a questão de uma maneira clara e objetiva que encoraje a meditação sobre si mesmo e suas escolhas é uma forma de ajudar a descobrir o procedimento.

A oferta de apoio deve considerar o voto do indivíduo sobre o modelo processual e se ele ou ela deseja ir sozinho ou acompanhado.

Respeitar essas escolhas é substancial, já que elas serão a primeira de muitas escolhas que o paciente terá que fazer.

Visite Nosso Blog para mais artigos:

Artigos Recomendados:

Como ajudar uma pessoa a parar de usar crack
Como ajudar uma pessoa viciada em drogas
Quanto tempo leva para desintoxicar um dependente químico
Como saber se a pessoa cheira pó?

 

Este artigo foi sobre: Como ajudar uma pessoa alcoólatra a parar de beber?

Clínica de Recuperação Esquadrão Resgate: Tratamento e internamento para dependentes químicos e alcoólatras.

Compartilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clínica de Recuperação Esquadrão Resgate

Contatos

Redes Sociais

Mais Vistos

- Obtenha as últimas atualizações

Assine nossa Newsletter

Sem spam, notificações apenas sobre novos conteúdos e atualizações.

Menu

Artigos

Postagens Relacionadas