Pr. Gilmar Fiuza | Os imprevistos não podem apagar as luzes do cenáculo